Insatisfatoriamente suficiente

Posted on 06. abr, 2016 by Fábio Bioca in Poesia

googolito

E agora, que somos insatisfatoriamente perfeitos?
Completamente sós, sem tempo, deficientes.
Pois suficiente, segundo a própria definição,
é um lugar entre o que é bom e o sofrível.
Ultimamente, me percebo mais sofrível do que bom.
Muito mais entre, que em qualquer lugar…

Tags: , , , , ,

Comments are closed.