Tag Archives: blefe

Aspas 3

Posted on 20. out, 2013 by Fábio Bioca.

0

Breve observação sobre as deformidades humanas.

Continue Reading

Falsos nós que inventamos

Posted on 08. mar, 2013 by Fábio Bioca.

0

Considerações sobre a simulação de falsas identidades que projetamos para nós mesmos, para nos afastar de quem somos ou para nos aproximar de quem gostaríamos de ser.

Continue Reading

Croupier

Posted on 30. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

A incapacidade de viver sem alguém e a inexistência dos antigos planos individuais como saídas de emergência são palcos para a rendição e a ruína, como nas aveludadas tablas de um cassino onde se é possível perder tudo o que se tem e o que não se tem.

Continue Reading

Cheque-mate

Posted on 30. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Uma descrição íntima da visão dos últimos momentos de quem foi tão dono de si e sucumbiu na própria ingenuidade, diante de uma paixão avassaladora apenas para si e sem importância para quem foi amada.

Continue Reading

Megera Cólera

Posted on 29. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Agonizante inconstância entre a repulsa e a saudade de um amor que deixou marcas profundas. Daqueles que são capazes de arrancar as crueldades mais verdadeiras e as mentiras mais doces dos lábios viciados de quem depende dos beijos de quem se ama.

Continue Reading

Submersão

Posted on 29. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Segunda poesia da trilogia que se complementa por “Cárcere” anteriormente e por “Irreversão”, que fecha a saga. Trata do fim de um apaixonado inconsequente que se afoga na própria busca do inaceitável, improvável e inesperado prazer de amar, sem preservar sequer a própria vida.

Continue Reading

Proscrito

Posted on 01. nov, 2009 by Fábio Bioca.

2

Poema que trata de uma desilusão de alguém que definitivamente deu adeus à pessoa que amou.

Continue Reading