Tag Archives: utopia

Verve

Posted on 26. out, 2015 by Fábio Bioca.

0

Uma visão da utopia. Pura síndrome de otimismo.

Continue Reading

Exílio em Gondwana

Posted on 10. dez, 2014 by Fábio Bioca.

0

Contra tudo que se quis, avassala tectônica
a expulsão lenta, invisível. Definitivamente os repele.
Num padrão de sismos, multiplica sua frequência
enquanto sabotam o mundo. Colidem insanos. Desidia.
Vítimas da intensidade, contemplam-se embatidas, opostas.
Há certa beleza sarcástica nas cicatrizes que secam,
mas também dor pressentida no olhar aflito de ambos.
A maciez da seda e a fumaça desta paixão avessa,
agridem a [...]

Continue Reading

Amor é fungo

Posted on 04. dez, 2013 by Fábio Bioca.

0

A suscetibilidade humana diante da devastação do amor.

Continue Reading

Falsos nós que inventamos

Posted on 08. mar, 2013 by Fábio Bioca.

0

Considerações sobre a simulação de falsas identidades que projetamos para nós mesmos, para nos afastar de quem somos ou para nos aproximar de quem gostaríamos de ser.

Continue Reading

Empuxo

Posted on 22. jul, 2011 by Fábio Bioca.

1

Uma sincera tentativa de aprender a usar a abstenção como motivação.

Continue Reading

Natural

Posted on 24. jun, 2011 by Fábio Bioca.

0

Se nos olharmos bem de perto
O quanto somos imperfeitos,
É natural que se suma
e é natural que se assuma
que nada disso é da própria natureza.

Continue Reading

Megaton

Posted on 27. jul, 2010 by Fábio Bioca.

0

Ficção sobre o contato com a luz. Uma luz tão intensa quanto suave a ponto de emanar sobre a realidade escura.

Continue Reading

Cheque-mate

Posted on 30. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Uma descrição íntima da visão dos últimos momentos de quem foi tão dono de si e sucumbiu na própria ingenuidade, diante de uma paixão avassaladora apenas para si e sem importância para quem foi amada.

Continue Reading

Chá das cinco

Posted on 30. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Uma mistura de lembranças de lugares da infância e um amor que nunca existiu. Talvez uma saudade de um futuro improvável que aconteceu em uma das viagens a lugar nenhum.

Continue Reading

Megera Cólera

Posted on 29. mai, 2010 by Fábio Bioca.

0

Agonizante inconstância entre a repulsa e a saudade de um amor que deixou marcas profundas. Daqueles que são capazes de arrancar as crueldades mais verdadeiras e as mentiras mais doces dos lábios viciados de quem depende dos beijos de quem se ama.

Continue Reading

Censura

Posted on 18. jan, 2010 by Fábio Bioca.

3

A velha guerra entre o racional e o emocional em um dos capítulos cruéis e sangrentos. Um protesto franco de quem, apaixonado, vê o tempo escoar enquanto a batalha é travada no próprio peito.

Continue Reading

Reforma

Posted on 06. nov, 2009 by Fábio Bioca.

0

Retrata a ingenuidade de um apaixonado que pensa ser capaz de controlar o amor e suas sensações.

Continue Reading